A- A A+

A Casa de Campo do ex-governador Hercílio Luz, em Rancho Queimado, é outro espaço administrado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) a fazer parte da programação da Semana Nacional de Museus. Como o tema da edição deste ano é “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”, a Casa agora disponibilizará informações e imagens sobre o seu acervo para consulta online por meio da tecnologia QR Codes. O serviço entrará em operação a partir de quinta-feira, 17, e poderá ser acessado com smartphones com conexão 3G e 4G.

casa de campo h.luz

O projeto foi concebido após uma sugestão do educador José Henrique de Oliveira Gattiboni, professor da disciplina de Tecnologia da rede de ensino de Rancho Queimado. “A ideia é disponibilizar informações sobre os ambientes e peças do nosso acervo com o uso de uma tecnologia simples, acessível e aberta. Foi aí que chegamos ao QR Codes”, explica a administradora do espaço, Karoline Käufer Schvambach.

Ao visitar a Casa de Campo, o público poderá acessar 10 itens, entre objetos (como o chicote usado pelo ex-governador), mobílias e ambientes (a fachada da casa, hall de entrada, salas de visita, leitura, janta e quarto). Em cada ponto haverá uma impressão do código (QR Codes) para ser acessado bastando posicionar a câmera do smartphone para a captação. A partir da tela do celular será possível observar imagens e as informações sobre a peça ou ambiente pesquisado e que estarão hospedados no blog: https://museucasadecampohercilioluz.blogspot.com.br/ .

O lançamento do serviço será às 19h desta quinta-feira (17) e haverá uma apresentação e visitação do espaço por escolas da rede estadual. Mas tanto o blog quanto os códigos estarão ativos de maneira permanente para pesquisa e no auxílio à visitação. Uma forma de tornar ainda mais atrativa e intuitiva a apreciação do acervo da Casa de Campo do ex-governador Hercílio Luz.

 

A Casa

Território conhecido pelos tropeiros vindos da região dos Campos de Lages desde o século 18, Rancho Queimado integrou o conjunto de linhas coloniais da Colônia Santa Isabel, formado por famílias de origem germânica e que chegavam até o Distrito de Taquaras, ponto de encontro dos caminhos - antigo e novo - que levavam a Lages.

Localizado na Microrregião da Grande Florianópolis, a 70 quilômetros da Capital e a oito quilômetros da sede municipal, o distrito de Taquaras tem o clima favorável ao aproveitamento do turismo.Nele encontra-se uma bela edificação usada por alguns anos como residência de campo do Governador Hercílio Luz.

Edificação do início do século 20, apresenta arquitetura em tijolo aparente, telha plana e cobertura em duas águas, característica cultural do imigrante alemão, predominante na região. Em 1911, o então governador de Santa Catarina Hercílio Pedro da Luz, adquiriu a edificação para utilizá-la como residência de lazer e repouso, em função do clima e altitude amenos na região.

A edificação, que inicialmente apresentava apenas pavimento térreo, sofreu reformas com a instalação de um anexo em dois pavimentos com sótão. Mantiveram-se as características originais, com destaque para o balcão com guarda-corpo em tijolo aparente, lambrequins no acabamento do beiral e a cobertura com telha francesa em cimento.

O atual conjunto composto de casa e chácara num total de 184.413m2, foi adquirido pelo executivo estadual em 25 de fevereiro de 1985 e tombado pelo decreto nº 25.880. Na região, não deixe de apreciar a belíssima paisagem e se deliciar com a grande produção de geléias, doces e licores.

 

Imprensa FCC

Fotos: Márcio H. Martins/FCC/Divulgação

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SOL | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito