A- A A+

Agora é oficial. A candidatura do projeto Caminhos dos Cânions do Sul a Geoparque Mundial foi aceita pela Unesco, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. A lista divulgada na semana passada confirmou a participação de Santa Catarina no pleito, que juntamente com o Rio Grande do Norte (Seridó) representa o Brasil entre os 20 projetos de diferentes continentes que serão avaliados em 2020. Atualmente, a Unesco conta com 147 Geoparques em 41 países, apenas um deles é brasileiro: o Geoparque Araripe, no Ceará.

Geossítio Rio do Boi Fabriício Magagnim

A confirmação da candidatura foi recebida com entusiasmo por prefeitos, equipe técnica e demais apoiadores da iniciativa, pois representa mais um importante passo em busca da chancela que deve impulsionar o desenvolvimento econômico da região, especialmente por meio do turismo sustentável. O projeto é formado pelos municípios de Cambará do Sul, Mampituba e Torres (no Rio Grande do Sul), Praia Grande, Timbé do Sul, Jacinto Machado e Morro Grande (em Santa Catarina).

O próximo passo será a visita de uma equipe técnica da Unesco, prevista para os meses de maio ou junho. De acordo com a Unesco, para ser designada como Geoparque, a área deve ter patrimônio geológico de valor internacional. Isso é verificado por profissionais científicos que fazem uma avaliação global comparativa. Também são considerados como aspectos fundamentais para o reconhecimento: estrutura de gestão, visibilidade e colaboração em rede com outros geoparques.

 

O processo de candidatura à Geoparque 

Em junho de 2019, o Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions do Sul apresentou à Unesco a carta de manifestação de interesse de se tornar um Geoparque. Em novembro, foi enviado o dossiê contendo informações detalhadas sobre a relevância geológica do território, estrutura de gestão, ações educativas e de promoção do turismo, entre outros eixos de atuação do projeto. A inclusão na lista de geoparques aspirantes significa que o dossiê apresentado atendeu as primeiras informações do processo de aplicação. A próxima etapa é a visita de avaliadores representantes da Unesco no território para avaliação definitiva, que deve acontecer entre os meses de maio e agosto deste ano. Os documentos oficiais do processo de candidatura foram encaminhados à sede da Unesco, em Paris, por meio do Ministério das Relações Internacionais (Itamaraty) e do escritório da Unesco no Brasil.

 

Confira a lista completa de Geoparques a serem avaliados em 2020 - Clique aqui.

 

(Com informações da Assessoria de Comunicação do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânios do Sul - Foto: Fabrício Magagnim)

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SANTUR | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito