A- A A+

Como parte da programação da 1ª Semana Nacional do Turismo, o Ministério do Turismo promoveu na manhã desta quinta-feira (05) o 10º Encontro Nacional da Rede de Inteligência de Mercado do Turismo (RIMT) com o objetivo de apresentar cases de sucesso no setor e promover a troca de experiências das iniciativas de sucesso realizada pelos integrantes da rede. A diretora de Estudos e Inovação da Santur, Luana Emmendoerfer, participou do evento. 

Na programação prevista para todo o dia, discussões sobre a comunicação em momento de crise, marketing de conteúdo, calendário de eventos para 2020, planejamento para 2020 e Investe Turismo. Um dos destaques da manhã foi a apresentação de Renata Bittencourt, diretora-executiva do Inhotim, que falou sobre a comunicação do instituto após o rompimento da barragem da Vale. A tragédia impactou diretamente a comunidade de Brumadinho onde o atrativo está inserido.

O local, que recebe 350 mil visitantes por ano, sentiu fortemente os impactos do rompimento da barragem. “Cerca de 50% de nossos funcionários perderam um ente querido e notamos que a visitação caiu em 40% até abril”, comentou Renata. Para contribuir com a recuperação da comunidade, o Inhotim desenvolveu uma série de iniciativas, como o cadastramento dos moradores para ter acesso gratuito ao Inhotim em qualquer dia da semana e horário, além da realização de oficinas de música e sessões de cinema.

Renata também falou sobre o desafio de atrair turistas mineiros, de outros estados e estrangeiros para o Instituto. “Queremos que os nossos visitantes entendam que o Inhotim é um lugar para ir e para voltar”, concluiu.

Para o coordenador de Produtos Turísticos do MTur, Cristiano Borges, é de vital importância ter o Ministério do Turismo, a Embratur e o Sebrae juntos com todos os estados para a construção de ações, projetos e políticas públicas sempre em parceria. "A RIMT é um momento da gente aprender tanto com as experiências quanto com outros atores do mercado que vêm colaborar com a gente hoje nesse sentido", comentou Borges.

Para a diretora Luana, a participação na RIMT é muito rica: "Há uma intensa troca de experiências e compartilhamento de boas práticas entre os Estados".

VISITA TÉCNICA

O encontro da RIMT termina nesta sexta-feira (06) com uma visita técnica ao Mercado Central de Belo Horizonte para que os técnicos conheçam melhor o posicionamento da capital mineira no segmento de turismo gastronômico. A próxima reunião da Rede deve acontecer durante a WTM em São Paulo.

JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento: logo ciasc rodape | Gestão do Conteúdo: SANTUR | Tecnologia: Open Source | Acesso restrito